16 de julho de 2011

Vila Nova é derrotado e perde a chance de colar no G4

Por João Paulo (jpcastanheira79) 
Nesta Sexta-Feira (15/07), em uma partida válida pela 11ª rodada da Série B, o Vila Nova enfrentou o Paraná, e foi derrotado por 2 x 1, além de perder a chance de se aproximar do G4. Com este resultado, o time goiano caiu para a 10ª posição com 14 pontos. Com a vitória, o time paranaense entrou no G4, ocupando a 3ª posição com 20 pontos somados.  


O clube goiano, que conseguiu ganhar fora de casa na penúltima rodada, queria dar continuidade a essa série, porém isso não aconteceu, ainda mais contra o Paraná que é considerado 'carrasco' do time goiano, pelo fato de nunca ter perdido na série B para o time colorado.


O jogo começou muito equilibrado, com as duas equipes atacando e defendendo muito bem, porém o Vila Nova era mais preciso nos toques de bola e nas idas ao ataque. No começo do jogo, em boa escapada de Leandro Cearense, o goleiro paranaense Zé Carlos, é obrigado a fazer uma grande defesa de um chute cruzado do atacante colorado. No entanto, o Paraná cresceu no jogo, criando boas oportunidades de gol, e logo após a chance do time colorado, o clube paranaense acordou pro jogo e Giancarlo soltou uma pancada em direção ao gol de Michel Alves, porém a bola passou rente a trave.


De tanto insistir, o Paraná foi recompensado, aos 21 minutos, o atacante Giancarlo recebeu a bola na área de Jefferson Maranhão e, mesmo aos trancos e barrancos, conseguiu chutar para dentro do gol, abrindo o marcador. Após o gol, o time recuou saindo apenas no contra-ataque, mas o Vila Nova foi pra cima em busca do gol de empate, porém todas as chances foram desarmadas pela zaga paranaense.


No segundo tempo, o time goiano seguiu jogando ofensivamente, gerando resultado. Após roubar a bola, Roni avançou pelo campo paranista e, usando a velocidade, achou o espaço para chutar muito forte. A bola explodiu na trave. Porém o time paranista se postava muito bem na zaga, e saia forte para o contra-ataque, e foi numa dessas que o Paraná ampliou o placar, aos 13 minutos, o atacante Giancarlo rolou para trás e Lima, de fora da área, chutou para marcar o segundo gol do time paranaense. Mesmo após sofrer o gol, o time goiano lutava ferrenhamente em busca do gol, demonstrando muita raça, e aos 17 minutos, após a entrada do atacante Wando, que em boa descida sofreu penalty, com a cobrança convertida por Roni, que havia errado os dois últimos penaltys cobrados nos jogos passados. Porém após o gol do time goiano, os dois times se acomodaram e fizeram um 'jogo de comadres', sem muito perigo para ambos.

PRÓXIMOS JOGOS:


O Paraná volta a campo no sábado, dia 23 de julho, em Santa Catarina, na partida contra o Criciúma. Já o Vila Nova recebe em casa, no mesmo dia, o Náutico.

FICHA TÉCNICA:

PARANÁ:
Zé Carlos (Luiz Carlos);
Lisa (Júlio César), Luciano Castán, Brinner e Lima;
Júnior Urso, Everton Garroni , Serginho e Welington (Cambará);
Jefferson Maranhão e Giancarlo.
Técnico: Roberto Fonseca



VILA NOVA:
Michel Alves;
Luizinho (John Lennon), Éder Lima, Augusto e Jorge Henrique;
Jairo, Adilson, Ricardinho (Wando) e Luiz Fernando;
Roni e Leandro Cearense (Betinho ).

Técnico: Hélio dos Anjos

Gols: Giancarlo, aos 21 minutos e Lisa aos 8 minutos do segundo tempo. Roni, de pênalti, aos 17 do segundo tempo
Cartões Amarelos: Giancarlo e Jeferson Maranhão, Julio Cesar e Serginho (dois) do Paraná, Adilson, Betinho e Augusto do Vila Nova
Data: 15/07/2011
Local: Vila Capanema.
Público pagante: 6.030 torcedores
Renda: R$ 126.230,00
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho, do Ceará auxiliado por Thiago Gomes Brigido (CE) e Arnaldo Rodrigues de Souza (CE).

2 comentários:

  1. paranaense*
    analfabeto funcional!

    ResponderExcluir
  2. kkkk o cara nem revisa antes de postar. que troxa

    ResponderExcluir